Tamanho do texto

Liminar foi dada após Associação Nacional dos Restaurantes (ANR) protocolar pedido de inconstitucionalidade da lei

A lei que proíbe a produção e comercialização do foie gras, fígado gordo de pato ou ganso, na cidade de São Paulo foi suspensa pelo Tribunal de Justiça do São Paulo (TJ-SP) nessa terça-feira, 14, sob alegação de falta de razoabilidade e ausência de fonte de custeio de lei, isto é, que não caberia ao município regular esta questão.

A decisão, ainda em caráter liminar, foi tomada após a Associação Nacional de Restaurantes (ANR) protocolar o pedido de inconstitucionalidade na segunda feira, 13, e deverá ser mantida até o julgamento final da ação. 

Escalope de foie gras com pera ao vinho e molho de vinho do Porto, um dos pratos do menu de protesto à lei no restaurante Felix Bistrot
Divulgação
Escalope de foie gras com pera ao vinho e molho de vinho do Porto, um dos pratos do menu de protesto à lei no restaurante Felix Bistrot

Sancionada pelo prefeito Fernando Haddad no dia 26 de junho, a lei que deveria enrar em vigor em 45 dias divide opiniões. Enquanto os ativistas em defesa dos animais consideram o método de produção cruel, os chefs de cozinha afirmam a existência de um processo menos agressivo. 

Leia mais:  Chefs se revoltam com a proibição do foie gras em São Paulo

A produção do foie gras consiste na superalimentação forçada das aves. Técnica milenar conhecida como gavage.

    Leia tudo sobre: Receitas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.