Tamanho do texto

As duas delícias juntas podem fazer maravilhas ao paladar ou criar um completo desastre na boca. Saiba como harmonizar os dois ingredientes e aproveite o melhor dos dois mundos

Café e chocolate: conheça as combinações para aproveitar o melhor dos dois
Thinkstock/Getty Images
Café e chocolate: conheça as combinações para aproveitar o melhor dos dois








Café e chocolate são ingredientes que carregam uma legião de fãs. Há os chocólatras e também aqueles que não conseguem passar um dia sem um cafezinho para acordar. Os dois já foram considerados vilões da saúde, mas as últimas pesquisas indicam que eles podem ser a solução para muitos problemas, como doenças do coração . Imagine unir os dois!

CURTA O IG RECEITAS NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

Nas cafeterias, é comum o espresso vir acompanhado de um docinho ou uma pastilha de chocolate, mas nem sempre a combinação é a melhor possível. A barista Annete Alves, da marca de café Lavazza, fornecedora da rede Ofner, explica que há tipos de chocolates e bombons que ficam ótimos e outros que funcionam melhor com capuccino, por exemplo.

Para começar a brincadeira de harmonizar, é preciso considerar algumas caractériscas da mistura, como corpo, doçura e acidez. Uma degustação correta começa com a extração do espresso. Ele deve ser decantado antes de consumido e a a espuma deve ser misturada sempre para não deixar o início do café muito amargo. "Para harmonizar com o chocolate use a técnica da triangulação, ou seja, tome um gole de café, morda o chocolate e dê mais um gole com o doce ainda na boca". A intenção é tentar perceber a doçura, o corpo e a acidez. "Quando o chocolate derrete no café, ele mostra suas características mais marcantes", afirma a barista. 

Os cafés podem ser frutados ou terrosos, características que ficam mais evidentes nos tipos especiais, que tem terroir reconhecido e processo de torra controlada. Esses elementos vão combinar com trufas de chocolate mais amargo ou bombons de chocolate com caramelo. "Os jovem estão cada vez mais procurando cafés especiais. Ainda está muito enraizado de que café é sempre amargo", diz a especialista.

Annete ainda dá um conselho: apesar de as cafeterias sempre servirem água com gás para acompanhar o café ela pode comprometer a degustação. Ela realmente limpa as papilas gustativas, mas também pode agredir aos mais sensíveis. 

Capuccino
O capuccino italiano era no início a simples combinação de café com leite. Com o tempo, a bebida ganhou chocolate e especiairias. "A canela é um ingrediente que desequilibra o capuccino por ser muito forte, mas é um modo diferente de tomar café", explica.

A bebida que na própria fórmula já mistura os dois ingredientes pode e deve ser combinado com bombons e outros chocolates. Neste caso, existe um elemento que também deve ser comparado: o leite. "A ideia é provar um bombom que dê a impressão de mais cremosidade ao capuccino. Algumas combinações podem mascarar tanto o leite que ele fica como água", diz Annete.

Leia mais:  Aprenda a fazer capuccino cremoso como o da cafeteria

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.