Tamanho do texto

Mate a fominha entre as refeições de um jeito saudável e com a sua cara. Confira a receita

As barrinhas de cereal já fazem parte da rotina de muita gente. Elas estão sempre na bolsa, na gaveta do escritório e servem como um lanchinho rápido e fácil. O mercado oferece várias marcas e sabores, mas tem gente que logo enjoa ou apela para produtos cheios de conservantes. Se a ideia é ser saudável, que tal preparar a sua própria barrinha? Assim fica mais fácil agradar ao paladar e ter a garantia de sabor e dos benefícios do alimento.

CURTA O IG RECEITAS NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

Fomos ao Banana Verde , um restaurante de cozinha natural caprichada em São Paulo, para aprender como fazer as famosas barrinhas. A chef Priscilla Herrera conta todos os segredos e ensina passo a passo aqui;

Dicas de chef

- Use alimentos funcionais, como chia e linhaça. Eles agregam muitos benefícios e sem sacrifício 

- Varie os ingredientes de acordo com a sua preferência. "Os flocos de aveia podem ser trocados por centeio, a pasta de avelã pode ser substituída por pasta de alfarroba ou óleo de coco", diz a chef. Ainda dá para tirar a amêndoa e colocar castanha-do-pará. Pode sair também xerém e entrar farelo de coco ou castanha de baru triturada. O que vale é a criatividade

- Para dar liga, troque o melaço de cana por mel de abelhas. Diabéticos podem substituir por mel de agave

- Acrescente ameixa seca, damasco seco, figo turco (hidratado com água morna ou vinho do porto), pasta de castanha-do-pará ou geleia de cupuaçu se ficar difícil usar a pasta de avelã. Esta pasta não tem açúcar e nem chocolate, viu

- O cacau em pó usado não deve conter açúcar

- Aromatize a barrinha com extrato de avelã, amêndoas ou baunilha. É só acrescentar 1 colher (café) à mistura

- Sempre tome cuidado na hora de comprar os grãos. "Escolha uma loja de rotatividade alta, assim é mais difícil encontrar grãos velhos ou com carunchos", explica Priscilla.

Leia mais
Pratos lindos e leves
Transforme seu iogurte normal em grego

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.