Tamanho do texto

Até o dia 12 de maio, petiscos com mandioca e linguiça serão servidos na disputa do melhor boteco da cidade. E mais: receitinhas para fazer em casa

Quem não gosta de curtir um petisco gostoso acompanhado de uma cerveja gelada ou um drinque bem preparado? Para quem gritou que pessoa assim não existe, o festival Comida di Buteco pode ser uma boa desculpa para visitar os bares da cidade, ou melhor das 16 cidades que participam simultaneamente este ano.

Se você estiver em São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Belém (PA), Campinas (SP), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Ipatinga (MG), Juiz de Fora (MG), Manaus (AM), Montes Claros (MG), Poços de Caldas (MG), Ribeirão Preto (SP), Rio Preto (SP), Salvador (BA) e Uberlândia (MG) pode aproveitar o circuito de delícias. A proposta é fazer um petisco diferente, usando linguiça e mandioca, os ingredientes escolhidos para a edição. E a regra é clara: tem que ter um dos dois, mas pode variar os tipos e usar derivados.

Veja mais: Clássicos de boteco

Os botecos são selecionados pelo gastrônomo Eduardo Maia e sua equipe e tem que respeitar uma particularidade. Eles devem ser espontâneos, ou seja, serem administrados pelos próprios proprietários e fazerem parte de sua identidade e sua história. Sabe aquele bar que dá gosto de ir, de que se pode virar chapa do dono e membro da familía? Desse tipo mesmo.

O festival começa hoje (12) e vai até do 12 de maio. Durante esse tempo o público pode experimentar as criações para o festival e votar no seu favorito, assim como os jurados, que visitam os botecos e avaliam o petisco, a higiene, o atendimento e a temperatura da bebida. Quer conhecer as casas participantes? Confira o site do evento . Para quem quiser experimentar no conforto do lar, veja algumas receitas concorrentes:

TAPIOCADO DE LINGUIÇA

ESCONDIDINHO DE PIRARUCU DO PORTUGA 

DELÍCIA DA JULIA

MANDIOCA NA PONTA DA LÍNGUA

ATOLEIRO CARIOCA

Leia mais: Coxinha de brigadeiro 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.