Tamanho do texto

Para quem é diabético ou está cortando os doces, veja receitas em que o sabor de sobra compensa a falta de açúcar

Todo mundo gosta de uma sobremesa caprichada ou tem fome de doce em alguma hora do dia. Brigadeiro, bolo de chocolate, doce de leite, pudim. Vale qualquer coisa desde que bem açucarada. Quem tem restrição alimentar, como o diabetes, e não pode nem sonhar com açúcar sofre. Ou sofria. O iG Receitas  selecionou 20 receitas sem açúcar  e dicas que vão encher os olhos e a boca de toda gente. Serve também para quem está de regime ou simplesmente prefere maneirar na comilança.

Cheesecake de limão diet
Divulgação
Cheesecake de limão diet

Veja no iG Saúde: tudo sobre diabetes

O mercado oferece diversos produtos sem açúcar com outro tipo de adoçante na fórmula, como o aspartame e a sucralose, que são seguros para quem não pode consumir açúcar. Nas prateleiras dos supermercados, dá para achar leite condensado diet, doce de leite diet, cacau em pó sem adição de açúcar e também os adoçantes culinários, essenciais para esses tipos de receita -- as gotinhas ou pacotinhos usados em sucos ou cafés não aguentam as altas temperaturas do forno e podem estragar o prato.

Quem imaginou, porém, uma sobremesa com gosto de remédio está por fora. "Antigamente esses produtos não tinham tanta qualidade e deixavam gosto amargo ou artificial na comida. Hoje, temos marcas boas", afirma a chef Caro Gall. Mas atenção: esses produtos devem ser utilizados em menor quantidade do que o açúcar refinado, já que adoçam com muito mais potência.

A grande dica para fazer pratos gostosos sem açúcar é incrementar ingredientes simples. "Uma fruta com um crocante de amêndoas ou até uma raspinha de limão já fica com cara de sobremesa. Os doces ficam nutritivos, sem perder o sabor", explica Caro.

Um bom truque é usar castanhas, como nozes e castanha-do-pará, que conferem sabor e textura a receitas. “Elas são ricas em antioxidantes e não elevam a taxa de glicemia”, explica Deise Regina Baptista, chefe do departamento de nutrição da Sociedade Brasileira de Diabetes.

Flans e pudins dietéticos podem também ganhar cara nova com uma calda de frutas vermelhas curinga ( veja a receita ) ou uma geleia feita com fruta, adoçante e um espessante, como a pectina. "Dar a consistência com o açúcar é mais fácil, mas a versão diet também funciona", incentiva a chef.

Outra dica da nutricionista é agregar fibras solúveis à receita. “A aveia, por exemplo, é boa porque diminui a velocidade de absorção da glicose”, explica Deise. Assim, o prato fica mais saboroso, nutritivo e saudável.

A chefe de departamento de nutrição explica que mesmo sem a presença de açúcar, deve-se comer com moderação. As calorias e gorduras, afinal, ainda estão por aí em frutas, farinhas e castanhas, por exemplo. “O prato pode não ter açúcar, mas tem carboidratos que se transforam em glicose no corpo e que vão elevar a taxa de glicemia. Não pode comer mais porque é diet”. Mas um pedacinho está liberado e faz a alegria do dia.

RECEITAS

PAVÊ DE MORANGO COM CHANTILLY
CHEESECAKE DE LIMÃO
DOCE DE ABÓBORA
GELATINA DE CHÁ VERDE COM CREME DE KIWI 
BATIDA DE LARANJA LIMA COM MENTA E IOGURTE 
BOLO DE IOGURTE E LIMÃO
PUDIM DE LEITE COM CALDA DE VINHO

BOLO DE AMEIXA COM AVEIA 
MUSSE DE BLUEBERRY 
FONDUE DE CHOCOLATE 
BOLO DE CENOURA COM GENGIBRE 
ENFORMADO DE QUEIJO-MINAS 
COOKIE DE AVEIA E BANANA PASSA
MANJAR COM CALDA DE LARANJA 

V eja mais: Pegue leve, beba suco

CHEESECAKE COM CALDA DE MORANGO 
MILKSHAKE DE PERA COM UVA
GELATINA CREMOSA DE MORANGO 
CREME DE AMEIXAS 
BOLO DE MAÇÃ, BANANA E AVEIA 
AMBROSIA
PUDIM DE AVEIA COM BANANA 

Veja mais:
Receitas fresquinhas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.