Tamanho do texto

O menu tri bom que vai do tradicional churrasco a comidinhas herdadas dos imigrantes alemães e italianos. Confira receitas do Rio Grande do Sul

Gaúcho que é gaúcho não troca um churrasco por nada
Divulgação
Gaúcho que é gaúcho não troca um churrasco por nada

Faça o domingo ter cara gaúcha, tchê. Aproveite o clima para fazer um churrasco caprichado e estenda o almoço pelo dia inteiro. Segundo a tradição, a carne deve ser assada durante horas apenas com sal grosso como tempero. Os principais cortes do Rio Grande do Sul são a costela de boi (também conhecida como chuleta), a paleta e o matambre. O friozinho também pede um chimarrão para ser compartilhado. No dia seguinte, ainda dá para aproveitar as sobrinhas para fazer um típico arroz de carreteiro.

CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

Mas nem só de churrasco vive o gaúcho. A culinária da região foi influenciada e marcada pelas tradições das imigrações italiana e alemã. Dá para fazer pratos tradicionais da Serra Gaúcha com essa inspiração, como galeto, polenta, salada de radiccio com bacon e a sopa de capelete.

Complete a refeição com um belo vinho da região e de sobremesa sirva sagu e ambrosia ou doces portugueses, que são famosos em Pelotas, como o papo-de-anjo.

Veja: Tudo o que você precisa saber para preparar churrasco em casa
Veja também: Arroz de carreteiro é prato para aproveitar o churrasco de véspera
Veja também: Chimarrão, um das bebidas tipicamente brasileiras 
E mais: O churrasco brasileiro versus o assado argentino

Paleta de cordeiro para variar o cardápio
Edu Cesar/Fotoarena
Paleta de cordeiro para variar o cardápio

ARROZ DE CARRETEIRO
GALETO
NHOQUE
PALETA DE CORDEIRO PASSO A PASSO
RABADA
POLENTA CREMOSA
COSTELA ASSADA

Veja também: Polenta na mesa, tchê 
Veja também : O capelete que dá um caldo
E mais: Na terra do vinho, um brinde ao suco 

Os doces portugueses são tradicionais na cidade de Pelotas
Dulla
Os doces portugueses são tradicionais na cidade de Pelotas

ARROZ-DOCE
AMBROSIA
PAPO-DE-ANJO

Veja também: Doce de abóbora
Veja também: Dicas de vinhos brasileiros 

Para o lanche da tarde dá para seguir a herança dos alemães: o café colonial. Prepare pães caseiros, tortas, geleias e as clássicas cucas e sirva com chás, sucos e café. A boquinha é reforçada e pode valer até por uma refeição inteira.

Café colonial: a mesa farta de gostosuras  é uma refeição completa
Divulgação/Torre Café Colonial
Café colonial: a mesa farta de gostosuras é uma refeição completa

CUCA DE MAÇÃ
CUCA DE BANANA
BOLO DE MILHO
PÃO ITALIANO
GELEIA DE MORANGO
GELEIA DE LARANJA

Veja também: Cuca fresca
E mais: Iguarias do Sul

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.