Tamanho do texto

Os pratos ainda não foram escolhidos, mas o conceito das refeições dos atletas brasileiros em Londres está bem definido. Saiba mais

Roberta é a chef a frente do projeto
Divulgação
Roberta é a chef a frente do projeto "Casa fora de casa", nos Jogos Olímpicos 2012
Conforme o iG anunciou, os atletas brasileiros terão uma alimentação especial durante os Jogos Olímpicos de Londres 2012 . A gaúcha Roberta Sudbrack , do restaurante carioca homônimo, vai ser a responsável pelas refeições no Centro Esportivo Crystal Palace, onde as equipes vão descansar entre uma prova e outra. Para desenhar o cardápio do "Casa fora de casa", como é chamado o projeto, a chef passou quatro dias na cidade que vai sediar as competições. Ali, visitou mercados e lojas de ingredientes brasileiros. Para o iG Comida , fala sobre o que deve sair de suas caçarolas olímpicas. “Queremos que essa comida tenha o gosto do Brasil de cada um.”

CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

iG: Como vai ser o cardápio dos atletas?
Roberta Sudbrack:
Será uma comida do nosso dia a dia preparada com rigor técnico e privilegiando os ingredientes mais frescos da estação. Esse cardápio tem que levar em conta equilíbrio e reposição nutricional dos atletas.

iG: Vocês disse que quer despertar a memória gustativa dos atletas. Com que pratos?
Roberta Sudbrack:
Vamos preparar um cardápio para o dia a dia, mas queremos que essa comida tenha o gosto do Brasil de cada um. Pretendo oferecer aos atletas pratos que privilegiem a qualidade dos produtos que frequentam o nosso cotidiano, até os mais banais. Que, por exemplo, traga a memória das mesas dos almoços “filados” na casa das mães, tias e avós. Desse modo, além de recompor suas energias, queremos que a comida transporte-os um pouco para perto de casa no momento das refeições. Não é por outra razão que o projeto se chama “Casa fora de casa”.

LEIA TAMBÉM: ROBERTA SUDBRACK É A CHEF DO TIME BRASIL

iG: Houve alguma exigência do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) ?
Roberta Sudbrack:
Não, o que existe é uma natural preocupação e cuidado com reposição de nutrientes e de conteúdo energético dos atletas. Então, minha ideia e vontade são de um trabalho mais integrado possível com as nutricionistas do COB e das confederações das modalidades esportivas, especialmente na fase que estamos, de elaboração de cardápio.

iG: Já sabe o que vai servir?
Roberta Sudbrack:
Não temos nada ainda. Estamos trabalhando nisso estes dias.

iG: Esse cardápio de alguma maneira se parece com o servido no dia a dia no Palácio da Alvorada, durante a época em que trabalhou lá?
Roberta Sudbrack:
Há uma conexão, sim. No dia a dia do Alvorada também tínhamos essa preocupação de fazer uma comida com gosto de casa.

iG: Tem alguma comida especial para os dias de prova?
Roberta Sudbrack:
O (Centro Esportivo) Crystal Palace será o quartel-general dos nossos atletas em diversas modalidades. Então, praticamente todos os dias teremos dias de prova. Estamos preocupados em criar no refeitório um espaço de restauração desses atletas, isso inclui reposição energética e aconchego. A comida de lá terá as duas coisas todos os dias.

LEIA TAMBÉM: ROBERTA SUDBRACK, A CHEF QUE É A CARA DO BRASIL

iG: Algum prato reconfortante para quando a medalha não vier? Ou um cardápio especial para momentos de comemoração?
Roberta Sudbrack: Estar em uma Olimpíada é uma vitória por si só e, por intermédio de uma comida referencial do nosso cotidiano, queremos que o ato de comer para eles sejam sempre momentos de celebração coletiva. Dessa forma que penso o cardápio que vamos preparar para eles, independente do dia ouro, prata ou bronze.Todos os dias as refeições serão especiais. E torço para ouvir o Hino Nacional e ver a bandeira do Brasil subir no alto do mastro muitas vezes.

i G: Você vai levar algum ingrediente daqui do Brasil?
Roberta Sudbrack:
Em princípio, não pretendemos levar nada daqui. Há bons mercados em Londres e uma variedade de lojas que vendem produtos brasileiros de boa qualidade, além de uma grande oferta de produtos orgânicos. Vamos privilegiar essa logística local.

VEJA AQUI A COBERTURA COMPLETA DAS OLIMPÍADAS 2012

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.