Tamanho do texto

Chefs como Alex Atala e Erick Jacquin servem comida nas ruas de São Paulo na Virada Cultural. Veja o mapa do evento

Os chefs estão indo para a rua, literalmente. Durante a Virada Cultural de São Paulo, que acontece entre hoje e amanhã, nomes como Alex Atala ( Dalva e Dito ), Erick Jacquin ( La Brasserie ), Rodrigo Oliveira ( Mocotó ) e Janaína Rueda ( Bar da Dona Onça ) vão deixar seus restaurantes para vender comida no Viaduto Presidente Costa e Silva, mais conhecido como Minhocão. Este é o primeiro ano que a gastronomia ganhou um espaço exclusivo no evento.

CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK E O SIGA NO TWITTER

Os pratos para alimentar a multidão, com preços que variam entre R$ 5 e R$ 15, já foram escolhidos. Uns preferiram reinventar comidas de rua típica, caso de Raphael Despirite ( Marcel ), que vai levar o hot dog à francesa e de Carlos Ribeiro ( Na Cozinha ), com seu buraco quente de picadinho. Outros vão transportar o restaurante para a rua, como Luiz Emanuel com seu steak tartar e Rodrigo Oliveira, que vai servir  baião de dois. “É um presente para São Paulo. Usar técnica de alta gastronomia em comidas afetivas e de rua sem pretensões”, diz Janaína que servirá o puchero à Love Story.

Saiba: o que é O Mercado
Veja também: O Mercado vai virar evento mensal

“Esse evento é democrático, uma forma de levar cultura a todos, já que a alimentação é um ponto cultural fortíssimo em uma população. Acho justo todo mundo ter acesso”, diz Carol Brandão, do Las Chicas , que vai oferecer um trio de guloseimas doces aos visitantes.

A organização do evento espera receber 40 mil pessoas durante a madrugada de sábado para domingo. Para abrir o Chefs na Rua, Alex Atala serve, às 0h, sua famosa galinhada. As 500 porções prometem ser concorridas, principalmente depois da notícia que seu outro restaurante, o D.O.M, foi eleito o 4º melhor do mundo .

Às duas da manhã, o chef Erick Jacquin entra em cena com a sopa de cebola para aquecer a madrugada de quem vai encarar a maratona de shows. A partir das 8h da manhã seguinte, o Minhocão vai receber mais 20 chefs. Cada um servirá 2 mil pratos durante o dia inteiro. “Eu estou preparando 500 quilos de puchero”, comenta Janaína.

Mapa do Chefs na Rua
Divulgação
Mapa do Chefs na Rua

Serviço
Minhocão (Viaduto Presidente Costa e Silva), a partir das 0h do dia 6 de maio. Acesso pelas ruas Sebastião Pereira, Ana Cintra e Helvetia. R$ 5 a R$ 15. Pagamento somente em dinheiro.

RECEITAS
BURACO QUENTE COM PICADINHO DE FILÉ MIGNON
SANDUÍCHE DE COPA LOMBO
AREPA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.