Pastel de festa: comfort food pernambucana

Depois de ouvir o barulinho bom da fritura, é só se jogar no crocante dos minipastéis de carne moída cobertos de açúcar

Roberta Malta, especial para o iG

Roberta Malta
O minipastel de carne tem recheio meio salgado, meio doce. E é coberto de açúcar


As exigências gastronômicas nos dão trégua quando a proposta é simplesmente sentir o aconchego de momentos felizes vividos no passado. Mas o molhinho da avó, os bolinhos da padaria ao lado de casa, o sanduíche de geleia da cantina da escola podem virar receitas gourmets se preparadas com alguns cuidados. A pedido do iG Receitas, Joca Pontes, chef do Ponte Nova, em Recife, ensina a fazer um clássico pernambucano: pastel de festa.

A receita, capaz de fazer gente grande disputar com os pequenos pelo último salgado da bandeja, já foi exclusiva de aniversários infantis e, hoje, aparece em tudo que é coquetel bacana do estado de Pernambuco. À primeira vista, trata-se de um petisco mais do que comum. Quem no Brasil não conhece (e adora) minipastéis de carne moída? A diferença, aqui, é que ele é coberto com açúcar, pintando a típica mistura de sal com doce das sobremesas pernambucanas.

Pontes, que incluiu versões caprichadas do salgado no cardápio de seu elegante restaurante de pegada francesa, gosta tanto da receita que, quando a mulher engravidou, decidiu que as visitas da maternidade brindariam ao nascimento de seu primeiro filho com pastel de festa. Fez tanto sucesso que, três anos depois, a segunda criança foi recebida com o mesmo cardápio. As dúvidas aos que não são locais aparecem logo: mas como ele fez para ficar fresquinho? "A gente come isso até no dia seguinte", afirma o chef. Mais comfort food impossível!

Pastel de Festa
Receita do chef Joca Pontes, do Ponte Nova, em Recife

Ingredientes:

Rendimento: 40 unidades
40 discos de massa de pastel pequenos
1 ovo batido para selar os pastéis
Açúcar cristal a gosto (se quiser, misture-o com um pouco de canela)
Carne moída (quanto baste, veja receita do recheio abaixo)
 

Modo de preparo:

Recheie os pastéis com a carne moída. Com a ajuda de um pincel (ou com os dedos) unte cada pastel com o ovo batido, firme com os dentes do garfo e frite-os em óleo quente. Escorra em papel absorvente, e passe-os no açúcar dos dois lados. Retire o excesso e sirva-os em seguida.
 

Ingredientes para o recheio de carne moída do traseiro
Rendimento: 40 porções para recheio

800g de carne moída
80g de extrato de tomate
10g de bacon picado
50ml de vinho tinto
1 colher (sopa) rasa de açúcar
1 colher (chá) de coentro picado
1 colher (chá) de molho de pimenta
1 dente de alho
1 tomate
1 folha de louro
½ cebola picada
¼ de pimentão verde
1 pitada de pimenta do reino moída
1 pitada pequena de cominho
1 pitada pequena de canela
1 pitada pequena de coloral
1 pitada pequena de orégano
Sal a gosto


Modo de preparo da carne:

Tempere a carne com o sal, a pimenta do reino, o cominho, a canela, o coloral, o orégano, o molho de pimenta e o extrato de tomate. Misture bem e reserve.


Refogue a cebola, o alho, o tomate, o pimentão verde, o coentro, o louro, o bacon e o açúcar. Na própria panela, junte o vinho aos poucos e faça uma espécie de deglacê, reduzindo a mistura com a bebida. Passe o refogado no triturador para obter uma pastinha, e de modo que os pedacinhos se demanchem.

Volte o refogado para a panela. Quando começar a ferver adicione a carne moída temperada e mexa bem. Deixe cozinhar por aproximadamente 30 minutos em fogo baixo.

Leia tudo sobre: pastelpastel de carne

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG