Marmita é opção saudável e econômica para o dia a dia

Por Rafael Bergamaschi , especial para o iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Levar a refeição para o trabalho pode ser muito mais gostoso

Divulgação
A marmita pode ser uma boa opção para um almoço saudável e mais econômico


Quem tem que almoçar fora de casa rotineiramente sabe: não há nada como o gostinho de comida feita em casa. Ainda que existam muitas opções de restaurantes de comida por quilo, é impossível substituir o apreço  pelo sabor caseiro. Que tal deixar essa vida de lado e começar a fazer a própria marmita?

“Além de ser mais econômico e evitar desperdícios, quando levamos a comida de casa sabemos exatamente o que estamos comendo. Para mim, este é de longe o melhor benefício”. A palavra é de Giovanna Vilela, especialista em cozinha saudável que há tempos adotou a marmita como parte de um estilo de vida melhor.

Curta o iG Receitas no Facebook e siga no Twitter

Segundo Giovanna, para não enjoar é necessário ter criatividade ao preparar a própria ‘quentinha’. “Tente ir mais ao mercado e testar ingredientes que não costume usar. O segredo é sempre inovar um pouquinho”, aconselha.

Não há muitas restrições para o que pode ou não ir dentro de uma marmita. Massa, grãos, carnes ou legumes. Tudo vai bem desde que preparado sem muita antecedência e armazenado da forma correta. Giovanna aconselha o preparo da comida de três em três dias, sendo que as carnes ficam melhores se feitas no dia anterior.

Assim que a refeição estiver pronta, o ideal é colocá-la direto no refrigerador. “As bactérias começam a agir assim que o alimento esfria”, explica.

Divulgação
Inove no menu e capriche no visual dos pratos para deixar a marmita interessante todos os dias


Caro Gall comanda o All Light Gourmet, serviço de entrega de marmitas fundado em 2011, em São Paulo. Segundo a chef, algumas dicas simples podem fazer grande diferença. “Ao esquentar uma marmita, o ideal é colocar duas colheres  de sopa de água no alimento para que ele não fique seco e recupere um pouco da umidade perdida”, explica. Caro também recomenda o uso de vasilhas com divisórias para que os alimentos não se misturem.

A especialista ainda dá uma dica importante para quem costuma esquentar a comida no trabalho. “Peixe costuma soltar um aroma muito forte quando esquentado, o que pode ser um problema no escritório”, diz, antes de arrematar: “um simples molho por cima resolve o problema, pois mascara quase completamente o cheiro”.

Animou? Confira algumas receitas de marmitas completas e comece já este novo estilo de vida:

Divulgação
Aposte em em refeições completas e balanceadas

Cardápio 1
Filé migon ao vinho tinto
Risoto de quinoa com beterraba
Salada fresca

Cardápio 2
Couscous marroquino com  frango ao curry
Risoto de quinoa com beterraba
Guarnições para completar: 1 cacho de uvas, 1 pepino, 1 cenoura, 1 punahdo de pera e damascos secos

Cardápio 3
Barzega

Leia tudo sobre: Marmita

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas